Revista Gestor     Usuário: Senha:  

8 de dezembro é o marco nacional de combate ao Aedes aegypti

Fonte:Associação Brasileira de Municípios - 05-12-2017

O Ministério da Saúde lançou no último dia 28 de novembro a campanha 2017/2018 de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das graves doenças virais Dengue, Zika e Chikungunya. Com o tema “Não deixe o mosquito mudar a sua história”, a campanha também mobiliza a população para o Dia D, 8 de dezembro, o marco nacional de combate ao Aedes aegypti.

Mesmo com a campanha nacional e o dia D, no início do período de maiores transmissões das doenças relacionadas ao Aedes, o Governo Federal tem atuado durante todo o ano para diminuir e controlar as infestações, além de tratar e amparar os doentes.

Como um dos bons exemplos da atuação, temos a Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para o combate ao Aedes aegypti, coordenada pela Sala Nacional de Combate e Controle – SNCC, que mobilizou, de 23 a 27 de outubro, 30 mil instituições públicas e privadas, mais de 175 mil profissionais, mais de 2 milhões e 300 mil estudantes, em ações de sensibilização e combate ao Mosquito.

Apesar do número de casos das doenças terem diminuído em 2017, conforme os Boletins Epidemiológicos do Ministério da Saúde, a meta do Governo Federal é mobilizar e atuar para a redução constante das transmissões. Para isso, torna-se necessário a mobilização dos estados e municípios, além da participação de toda a sociedade na redução de possibilidades de reprodução do Aedes aegypti. A responsabilidade é de todos: “Faça a sua parte e converse com o seu vizinho” é a continuação do tema da campanha 2017/2018.

Boletim de Direito Público!
Revista Gestor - edição n 32!
Fonseca & Bessa Advocacia - Consultoria jurídica especializada em Gestão de Direitos Público.
Grifon Brasil