Revista Gestor     Usuário: Senha:  

Ziulkoski fala sobre a pretensão do governo de liberar mais R$ 3 bilhões ao Municípios em 2018

Fonte:Confederação Nacional de Municípios - 05-12-2017

O governo federal sinalizou a possibilidade de liberar mais R$ 3 bilhões ao Municípios em 2018, caso a reforma da Previdência seja aprovada e a situação econômica do País continue melhorando. A informação ganhou espaço nos principais jornais do país nesta segunda e terça-feira, 4 e 5 de dezembro.


Em entrevista ao Estado de S. Paulo, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, falou sobre o anúncio. “Estávamos pedindo R$ 4 bilhões neste ano. Eles acenaram com R$ 2 bilhões. Agora, a indicação é de pelo menos mais R$ 2 bilhões no ano que vem", explicou o líder municipalista.


"É daí para cima, dependendo da situação fiscal e vinculado à questão da reforma da Previdência. Se ela passar, tem mais espaço", afirmou Ziulkoski. Ele reconhece que o governo não detalhou de onde vai tirar os recursos para direcionar aos prefeitos, mas ventilou politicamente a ideia.


Segundo explica o presidente da CNM, o teto de gastos limita o avanço das despesas ao ritmo da inflação, e não é possível apenas criar um novo gasto sem um corte na mesma medida em outra despesa, mesmo que haja recuperação robusta da arrecadação ano que vem. Quando enviou a mensagem modificativa do Orçamento de 2018, o governo previu um espaço de apenas R$ 170 milhões para o avanço das despesas dentro do teto.


Matéria
Com o título Por Previdência, governo sinaliza desembolso de ao menos R$ 2 bilhões a prefeitos em 2018, a matéria também traz anúncio do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, confirmando a barganha do governo. “Se a reforma não for aprovada este ano, esse dinheiro não existe”, disse Padilha em entrevista ao Estadão/Broadcast.


Ainda segundo a publicação, aa reta final do ano legislativo, o governo está fazendo um "pente-fino" nas demandas da base aliada para verificar quais delas podem ser atendidas. O presidente da República, Michel Temer, já havia prometido liberar R$ 2 bilhões neste ano em troca do apoio dos prefeitos para conseguir votos para a reforma da Previdência, que traz uma série de mudanças nas regras das aposentadorias.

Boletim de Direito Público!
Revista Gestor - edição n 32!
Fonseca & Bessa Advocacia - Consultoria jurídica especializada em Gestão de Direitos Público.
Grifon Brasil